O lugar da Mulher é onde ela quiser…

O poder feminino-história de lutas

Sem dúvida as mulheres conquistaram maiores espaços no mercado de trabalho e no mundo, até algum tempo atrás era impensável por exemplo pensar em mulheres militares, alguns esportes e engenharia, aviação comercial, além de outras profissões antes “privativamente” masculinas. Isso hoje já é uma realidade. E não foi sem muita luta! Desde o final do século XIX, organizações femininas originárias dos movimentos de trabalhadoras se mobilizavam em países da Europa e nos EUA na busca por direitos trabalhistas e melhorias na condição de vida. Nessa época as jornadas de trabalho eram extenuantes, chegando a 15 horas diárias com salários menores que os homens, levaram as mulheres a greves para reivindicar melhores condições de trabalho e o fim do trabalho infantil, comum nas fábricas.

Dessa forma, os avanços que vemos hoje são resultado dessa luta centenária, que começou com a redução das jornadas de trabalho e a redução da mão de obra infantil nas fábricas. No Brasil as mulheres já chegaram à presidência da República, a presidência do STF, governo de estados, dentre outros incontáveis exemplos.

Para contextualizar, recentemente, a atuação das mulheres cientistas do Instituto Adolpho Lutz foi fundamental para, em menos de 48 horas, realizar o mapeamento do genoma do Coronavírus no Brasil.

Todos esses fatos demonstram que os (pré) conceitos da humanidade sobre a mulher estavam equivocados, e nos resta reconhecer e apoiar essa longa jornada na busca pela igualdade plena das mulheres em relação aos homens. Jornada que vai muito além dos dias 08 de março.

Axé!

share