jan 30 2016

Todos contra o Aedes aegypti

Fontes: Portal CASSI / Organização Pan-Americana de Saúde / Organização Mundial de Saúde / Ministério da Saúde

mosquinto-da-dengue

Na última sexta-feira, 29/01, foi realizado o Dia Nacional de Mobilização Contra o Aedes aegypti, iniciativa conjunta e várias entidades, organizações e os governos. A iniciativa teve o objetivo realizar mutirões para identificar e erradicar possíveis focos do mosquito nas suas dependências.

Nesse momento de volta dos trabalhos dos Terreiros, vemos como importante a mobilização de todos – uma vez que potencialmente interagimos também nas famílias e nas comunidades -, em prol da erradicação do mosquito transmissor da dengue, do zika vírus e das febres chikungunya e amarela.

Para que possamos divulgar e dessa forma sensibilizar todos os Umbandistas, solicitamos que nos enviem fotos das ações realizadas através do e-mail da FUEP umbanda.parana@gmail.com.

Lembramos que as vistorias devem ser feitas nos ambientes interno e externo dos barracões, notadamente em recipientes que possam manter água parada, como vasos, cinzeiros e outros e, principalmente nos jardins. A rigor, temos um compromisso com todos os médiuns e assistentes, de assegurar que não existe nenhuma possibilidade de existir foco de propagação do mosquito.

O mosquito Aedes Aegypti além de ser o vetor da dengue e da febre amarela, doenças já conhecidas dos brasileiros, está transmitindo também os vírus Chikungunya e Zica.

Devido à gravidade das doenças associadas ao mosquito, é necessário um esforço de todos no sentido de erradicar os focos de criadouro, em todos os locais que frequentamos, só assim, cada um fazendo a sua parte teremos a garantia de um ambiente saudável para a prática da nossa religião, sem riscos para aqueles que procurarem o conforto espiritual em nossos Terreiros.

Indicamos que cada Terreiro institua uma equipe e proceda uma varredura nos locais mais prováveis de se encontrarem as larvas do mosquito, para auxiliá-los na eliminação dos focos porventura existentes no seu Terreiro, e nas suas casas.

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.