↑ Retornar para Orixás

Ogum

Ogum sincretizado com São Jorge

Ogum sincretizado com São Jorge

Ogum é um Orixá cultuado na Umbanda e no Candomblé, sincretizado com São Jorge, o Santo Guerreiro, na Igreja Católica. Ogum é o guerreiro destemido, destinado a ser o lutador das grandes batalhas, o desbravador que busca a evolução.

Defensor dos desamparados, conta a lenda, que Ogum andava pelo mundo assumindo as causas dos indefesos, sempre muito justo e benevolente. Ele é o ferreiro dos Orixás, senhor das armas e dos caminhos. É o protetor dos policiais, ferreiros, escultores, caminhoneiros e de todos os guerreiros.

Santos correspondentes na Igreja Católica: São Jorge no Rio de Janeiro, São Paulo, Paraná e Rio Grande Do Sul. Santo Antonio de Pádua na Bahia.

Cores predominantes de Ogum nas guias: Azul marinho no Candomblé, vermelho e branco na Umbanda, sendo que na Umbanda do Rio Grande do Sul muitos Terreiros utilizam o verde, vermelho e branco.

Na Mitologia Africana, Ogum é considerado o primeiro dos orixás a descer do Orun (o céu), para o Ayê (a Terra), após a criação, visando uma futura vida humana, sendo assim, provavelmente a primeira divindade cultuada pelos povos ioruba da África Ocidental. Foi ele quem ensinou aos homens como forjar o ferro e o aço.

O Orixá guerreiro

Ogum é o Orixá responsável pelos espíritos e pelas energias que vão desmaterializar, por desconstruir as demandas (magias) contra os filhos que a ele recorrem. Por isso fala-se do Orixá Ogum como guerreiro. Senhor dos limites sempre está na frente abrindo a passagem para os demais Orixás. Razão esta que se explica nos rituais de Umbanda sua saudação em primeiro lugar (entre os Orixás, já que a primeira saudação deve ser a de Exu).

Ogum exerce um papel fundamental na Umbanda, comandando os caboclos, os Exus e as Pombagiras, faz a guarda dos locais sagrados e dos médiuns de Umbanda. São eles que vão na frente para proteger e zelar pelos espíritos em missões de resgate e de trabalho.

Temos Ogum no limite do mar e da terra, do campo santo e do profano, na entrada da mata, na beira dos rios e cachoeiras, e assim por diante. Isso também explica a razão de Ogum estar relacionado às estradas, aos caminhos.

Sendo vencedor de demandas, sendo um Orixá próximo aos trabalhos de Exu, deve dominar e manipular a magia. Isso também dá a Ogum uma relação íntima com os elementais.

Características dos filhos(as) de Ogum

Os filhos de Ogum são aqueles cuja sinceridade aparece desnudada. Não medem as conseqüências de seus atos, não toleram falsidade, e muito menos aceitam parecer aquilo que não são. Se não gostam de alguém não se esforçam para mostrar o contrário.

Facilmente irritáveis, tem crises e explosões de cólera e raiva. Explodem, não medindo o tamanho da força empregada, independente do tamanho do mal a ele direcionado. Não aceitam a opressão dos mais fracos.

Impulsivos, geralmente agem antes de pensar. Em geral, depois de sentirem-se aliviados por terem extravasado seu poder, arrependem-se pelo tamanho do estrago e das consequências dos seus atos.

Passam do momento de explosão à tranqüilidade de um espelho de água com facilidade, ou seja seu humor em geral é muito mutável.

Raramente agem ou são explosivos de forma malévola e mal intencionada, acreditam estarem com a razão e sua cólera servirá como corretivo para a outra pessoa.

Determinados ao extremo vencem em situações em que qualquer outro falharia, sua coragem se renova justamente no momento em que todos os demais abandonam.

Por essas características não “falam por trás”, não aceitam traição, dissimulação, assim não são traidores ou pessoas dissimuladas. No entanto, não gostam de ser criticados.

Pessoas que levam a vida de uma maneira prática, a mais prática possível. Por isso não são vaidosos, pois não gostam de perder tempo com isso, muitas vezes são despojados. Por isso, dificilmente será visto um filho de Ogum com penteados que precisam de horas para ser preparado, roupas desconfortáveis, que levariam um bom tempo para serem vestidas ou despidas. Entretanto, gostam de estar bonitos ou bonitas, bem vestidos.

Em geral são pessoas que gostam da tecnologia, dos novos caminhos da ciência, de outras formas mais modernas de exercer suas profissões.

Quando enfrentam um problema preferem a luta direta, franca, não são adeptos das sutilezas e da diplomacia para resolverem uma questão.

Como chefes da casa gostam que tudo gire em torno deles, de suas ordens e de sua forma de entender organização no lar. Assim na menor falta gostam de expressar como a pessoa está agindo errada.

Dia da semana – terça-feira

Cor – Vermelho ou Vermelho e branco

Ervas – espada de São Jorge, folha de jabuticaba, tansagem, lança de Ogum, folha de mangueira, folha de aroeira, folha de salgueiro-chorão, pata-de-vaca, folha de mangueira, abre caminho, beldroega, carqueja, losna, língua-de-vaca, peregum (dracena com raios vermelhos).

Amalá – Feijão fradinho, inhame frito coberto com mel, goiaba cortada no meio, manga (de preferência espada), 7 velas brancas, 7 velas vermelhas, cerveja clara servida em coeté, 7 charutos, fitas branca e vermelha, cravos brancos e cravos vermelhos (7 e 7).

Saudação – Ogum iê! (Salve Ogum)

Fonte: Cabana Pai Tobias de Guiné – Disponível no site www.paitobias.com
——————————————————————————————————————-
Arquétipo dos Filhos de Ogum

Ogum é um poderoso Orixá, dono do ferro e do fogo. Ele é um guerreiro, um lutador que defende a lei e a ordem.

Este Orixá abre os caminhos e vence as lutas, agindo pelo instinto para defender e proteger os mais fracos. Todas as lutas, as conquistas, as vitórias são presididas por Ogum.

Ele é a lei divina em ação, que pune e premia, mas não gosta de ser invocado em vão. É fácil invocar Ogum, mas controlar as suas ações é impossível.

O dia da semana consagrado a Ogum é a terça feira, que coincide com o dia dedicado pelos romanos a Marte, o deus da guerra, sempre ligado à força e ao poder, ele é o dirigente que não quer ter suas ordens desobedecidas.

Ogum pode ser associado ao arcano IV do Taro: o Imperador como esse arcano ele encarna a vontade firme aliada a força de execução, as energias fluindo para uma realização material. Ele protege seus domínios de forma consciente, seguro do poder que representa. Enfocado como arquétipo, Ogum contém elementos fortes e consistentes que o mantém como uma figura viva e atuante na esfera psíquica do homem.

O Físico e o Temperamento

O filho e a filha de Ogum são geralmente magros e altos (pode haver exceções). Apesar de ser um pouco tímido e discreto quase nunca passa despercebido.

O temperamento reflete o vigor físico do filho de Ogum: ele está sempre em atividade, é determinado e criador. O espírito de competição é evidente e a impaciência e as frustrações ao perder criam mais incentivo para ele seguir em frente.

Ele não reflete sobre os riscos de uma ação, pois é impetuoso e impulsivo e está sempre travando batalhas.

Sem o impulso e a coragem de Ogum a humanidade demoraria muito para alcançar o progresso. É ele o desbravador, aquele que abre o caminho para quem vem atrás. Moisés é uma personalidade típica de Ogum: a sua ira ao quebrar as tábuas da lei divina, a coragem para dirigir seu povo numa viagem para o desconhecido, o poder a ele atribuído de abrir caminhos são atributos de um homem de Ogum.

Como todo homem possui seus defeitos o filho de Ogum considera apenas seu próprio ponto de vista, seguir metas que lhe são importantes sem considerar todos os que direta ou indiretamente estão envolvidos com ele.

Os desafios aguçam o espírito combativo de Ogum e o modo dele utilizar a sua força pode parecer, aos olhos de quem não o compreende bem, altivez e arrogância.

Qualquer forma de limite representa uma prisão para uma pessoa regida por Ogum. Ele precisa se enxergar livre para ir e vir à vontade, não consegue expandir sua alegria, força e energia em um ambiente restritivo e sempre igual.

A novidade serve de estímulo à ação.

Com capacidade de liderar e coragem suficiente para enfrentar qualquer missão, consegue reunir a sua volta pessoas que colaboram com ele por prazer sentindo-se revitalizadas pelas qualidades magnéticas e energéticas dessa personalidade tão forte.

Sem aceitar palpites no que faz, ele é franco e rude ao impor a sua vontade aos seus subordinados. É capaz de castigar prontamente qualquer falha, mas seu perdão vem depressa e logo pede desculpas quando se excede no seu comportamento.

Gosta da verdade acima de tudo, nunca fala por trás de alguém, suas críticas são abertas, pois detesta dissimulação.

Amor e Casamento

Quem consegue cativar e manter junto a si um filho de Ogum tem o privilégio de saber que jamais será enganado, nunca ouvirá desculpas esfarrapadas para explicar onde ele esteve ou o que fez, o filho de Ogum não mente, ele diz a verdade e espera ser acreditado, qualquer duvida irá ofende-lo.

Quando um filho de Ogum encontra uma pessoa de temperamento cordato, porém que possua opiniões fortes e próprias ele fica feliz. Se essa pessoa souber manter-se equilibrada na difícil corda bamba que é agradar sem ceder, ela conseguirá manter o relacionamento vivo. O filho de Ogum não gosta de pessoas sem idéias próprias, vai querer para companheiro (a) alguém que as possua em quantidade, mas que também saiba expô-las de modo especial.

Saúde

A saúde de um filho de Ogum é boa, ele é resistente e sua constituição forte evita as doenças, os pontos fracos dele são as articulações, as dores de cabeça, as febres fortes.

Quando está doente o filho de Ogum não quer ficar em repouso, é muito trabalhoso convencê-lo a descansar e dar tempo ao seu corpo para se recuperar. Só fica na cama quando está verdadeiramente mal, aí então fala pouco e fica nervoso com a obrigação de parar para se refazer.
Seus problemas de saúde são mais para o tipo violento e repentino do que para doenças crônicas e demoradas.

As doenças nervosas como úlceras, esgotamentos e depressão são menos comuns, mas podem atingi-lo se ele cometer excessos de trabalho ou for mal sucedido em seus empreendimentos.

O Homem de Ogum

Ele é confiante, entusiasmado, generoso, solidário, enérgico, ousado, ativo em seu lado positivo e pode também ser intolerante, violento, impulsivo, obstinado, egoísta e exigente em seu lado negativo.

A mulher de Ogum

Elas são sinceras, encantadoras, vigorosas, corajosas, entusiasmadas, românticas que são qualidades que quando excedem seu lado negativo já que ela também pode ser mandona e irritada.

Fonte: Terreiro Tio Antonio – Disponível no Site: www.terreirotioantonio.com.br