Retornar para Fatos e Fotos

2° Festival – 2011

A Curimba da ASSEMA é a vencedora do 2° Festival Paranaense de Curimbas e representará o PR no 8° Prêmio Atabaque de Ouro

A Curimba da ASSEMA, de Curitiba, foi classificada para representar o PR no 8° Prêmio Atabaque de Ouro, que acontecerá em 2012 no RJ, tendo sido considerada a melhor cantiga do 2° Festival Paranaense de Curimbas. “Oxalá Criador dos Caminhos”, composta e interpretada brilhantemente por Lucas de Xangô, ainda levou o troféu de melhor intérprete.

Numa tarde de magia e encanto, 7 Curimbas de Terreiros de Curitiba e Região Metropolitana, 1 de Santa Catarina e 2 do RS, apresentaram as suas cantigas, transformando o Guairão numa fonte de energia contagiante, com a benção dos Orixás.

Segundo o presidente do corpo de jurados, Pai André de Xangô, foi visível o desenvolvimento geral das apresentações, com performances maravilhosas.

As torcidas pelos concorrentes deram o show a parte, e o troféu de melhor torcida foi disputado palmo a palmo pelos integrantes dos Templo Umbandista Reino de Oxalá e Mãe Maria – TUROMM e Terreiro de Umbanda Guerreiros de Oxalá, que acabou recebendo o troféu, entregue pelo representante da Secretaria de Estado da Cultura, Senhor Rodrigo Fornos.

Na coreografia, também numa disputa muito apertada, conquistaram os troféus, Templo Umbandista Reino de Oxalá e Mãe Maria – TUROMM, seguido de perto pela ASSEMA e pelo Centro Espírita Caboclo Tupinambá.

Na premiação das Curimbas, também por diferença pequena, inverteram-se as posições, ficando a ASSEMA em primeiro, seguida por TUROMM e Guerreiros de Oxalá.

O troféu de melhor intérprete, foi conquistado por Lucas de Xangô, representando a ASSEMA, ficando em 2° e 3° lugares respectivamente Maykon Kopp, representando o TUROMM e Pedro Manoel Pereira da Silva e Celso Rogério Klammer, do Caboclo Tupinambá.

Quem não foi, perdeu um espetáculo maravilhoso, o Guairão recebeu um público de aproximadamente duas mil pessoas, que fizeram estremecer as suas estruturas com a sua presença alegre e festiva, a cada apresentação.

Assim gostariamos de registrar aqui o nosso maior muito obrigado a todos vocês que fazem a história da Umbanda, preservando as suas tradições e ajudando a transformá-la na árvore frondosa que espalhou suas raízes pelo Brasil inteiro, conforme profetizou o Caboclo da 7 Encruzilhadas, após somente 103 anos, desde a sua primeira manifestação.

É importante registrar um agradecimento especial ás Curimbas dos Terreiros que se inscreveram para o 2° Festival, e aos seu dirigentes, que não só abrilhantaram o evento, mas sem os quais não haveria festival:

Terreiro de Umbanda, Pesquisa e Iniciação Zimba do Congo, de São Leopoldo, RS – Mãe Águeda;

Tenda de Umbanda Filhos da Vovó Rita, de Mafra, SC – Sandra Maria Grossl e Neusa Gonçalves da Silva;

Terreiro de Umbanda Luz Divina, de Curitiba – Pai Volney;

Terreiro de Umbanda Guerreiros de Oxalá, de Curitiba – Pai Jaci;

Centro Espírita Caboclo Tupinambá, de Curitiba – Pai Bruno

Terreiro de Umbanda Ogum das Águas, de Colombo, PR – Pai Paulo

Comunidade Umbandista Filhos de Fé, de Curitiba – Mãe Andressa

ASSEMA, de Curitiba – Pai Marco

Templo Umbandista Reino de Oxalá e Mãe Maria – TUROMM, de Curitiba – Pai Claudio

Templo de Umbanda Sereia 7 Ondas, de Montenegro, RS – Mãe Nazinha

Temos agradecer também a Curimba do Terreiro Tio Antonio de Curitiba, do Pai André, que como campeã do 1° Festival, não pode concorrer e fez a abertura do 2° Festival.

Mais que agradecer, temos que render nossa homenagem ao Grupo “Os Encantados”, parceiros de sempre da FUEP, e ao excelente grupo de intérpretes que forma o Coral Abraça Umbanda do RJ, criado e coordenado por Guaraci Coutinho, que tem entre os seus integrantes, alguns dos maiores cantores e cantoras de cantigas de Umbanda do Brasil, dentre os quais não podemos deixar de citar, os maravilhosos, Afonso de Xangô, José Carlos de Oxóssi, Mano Lopes e o rei da voz da Umbanda, Tião Casemiro.

Saravá Umbanda! Umbanda Saravá.

Não seria possível fazer um evento dessa magnitude se não tivéssemos o apoio institucional da Secretaria de Estado da Cultura, na figura do secretário Paulino Viapiana, que envolveu uma boa parte da estrutura da secretaria para nos ajudar: a Coordenadoria de Eventos da SEC, chefiada pela Renata, e o Rodrigo Fornos que permaneceu o tempo todo auxiliando-nos,  o Centro Cultural Teatro Guaíra, presidido pela Mônica Rieschbieter, que disponibilizou o Guairão e quadro de profissionais técnicos, capitaneados pelo Áldice, que por trás das cortinas, fez o espetáculo acontecer, a Rádio e TV Educativa, presidida pelo Paulo Vítola, que registrou o evento, que após editado será transmitido na programação da e-paraná, além de nos honrar com a sua participação no júri. Não podemos deixar de citar também o apoio da Fundação Cultural de Curitiba, parceira desde 2008, representada por Roberta Storelli.

Cartaz do 2° Festival Paranaense de Curimbas

Cartaz do 2° Festival Paranaense de Curimbas

1 comentário

    • suzana maria keil meister on 26/05/2014 at 16:00
    • Responder

    boa tarde
    nos pertencemos a um terreiro novo em mafra e temos uma curimba que gostariamos de inscrever para o festival deste .
    gostariamos de saber como fazer.
    obrigada pela atenção
    suzana

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.