Artigos e Textos

Aqui você encontra artigos e textos de Dirigentes, Médiuns e escritores Umbandistas, que podem ou não representar a pensamento da Direção (Direção Executiva, Conselho Deliberativo e Conselho Fiscal) da FUEP e dos Templos e Médiuns associados.

Representam, em tese, exclusivamente a opinião de seu (s) autor (es), de acordo com o Termos de Uso e Política de
Privacidade e de Direitos Autorais, e são publicados porque trazem uma mensagem importante ou suscitam a discussão.

Em caso de dúvidas, denúncias ou sugestões entre em contato com a FUEP através do e-mail: umbanda.parana@gmail.com.

Você pode copiar e distribuir, desde que os textos completos, sempre citando a fonte.

A responsabilidade de ser Pai ou Mãe de Santo

Por Anna Ponzetta (*) Há pessoas que têm a ilusão que para ser pai ou mãe de santo basta ter um cargo, outros nem se valem de cargo e acham que basta fazer a obrigação do sétimo ano (quando se tornará uma ebomi) para abrir um terreiro. Infelizmente o que mais se vê por aí …

Ver página »

Carta Magna da Umbanda– Última atualização 2017

PREÂMBULO Considerando que a religião de UMBANDA é legitimamente brasileira e foi instituída pelo Caboclo das Sete Encruzilhadas, através da mediunidade de Zélio Fernandino de Moraes, em 15 de novembro de 1908, em Neves/Niterói, no Brasil; anunciando pela primeira vez o termo; “UMBANDA”, como designativo de religião. A UMBANDA reconhece as derivações oriundas de seu …

Ver página »

Causas da desmotivação do Médium de Umbanda

por Cristina Alves Eu acredito que muitos dos que aqui lerem esse texto, já se sentiram desmotivados ou mesmo já se depararam com pessoas que por mais que tinham anos de Umbanda, numa determinada ocasião, fraquejaram e sentiram vontade de largar tudo, digo pessoas mais velhas na religião, mas não deixo como regra, porque esse …

Ver página »

Codificação da Umbanda

Ver página »

Estado laico e sociedade livre

Por Nicolau da Rocha Cavalcanti (*) O Brasil vem apresentando uma maturidade institucional que surpreende até os mais otimistas. Obviamente, a Constituição de 1988 não resolveu todos os problemas brasileiros, muitos ainda graves; mas há de se reconhecer que os caminhos institucionais para o desenvolvimento social, cultural e econômico estão abertos. Não é mais necessária …

Ver página »

Incoerências no entendimento e percepção dos problemas materiais e espirituais na Umbanda

Por Etienne Sales O que distingue o povo brasileiros de outros povos é a sua diversidade. Não só múltiplo em culturas (não existe uma cultura, um estilo de música, uma comida, um folclore, algo que se diga que seja único e representativo do ser brasileiro), mas em um todo plural que é a cara do …

Ver página »

Mediunidade

por Rubens Saraceni (*) A mediunidade é a qualidade de toda pessoa que é médium. As faculdades mediúnicas têm muitas formas de aflorarem e costumam processar-se em diferentes níveis conscienciais, e até níveis sub ou hiperconscientes. Alan Kardec pesquisou a fundo os mais diversos tipos de faculdades mediúnicas e ordenou as manifestações, que até então …

Ver página »

Patuás

Uma antiga expressão diz: “Quem não pode com mandinga, não carrega patuá”. Os Mandingas são grupos de africanos do norte que, pela proximidade com os árabes acabaram se tornando muçulmanos, religiosos que tem muitas restrições aos que não aceitam Alá como Deus ou Maomé como o seu profeta. Com o crescimento do tráfico de escravos, …

Ver página »

Política X Religião

RELIGIÃO E POLÍTICA Por Dr. Hédio Silva Jr.(*) Na versão original do famoso “Samba do Avião”, Tom Jobim inicia a letra fazendo uma saudação a Oiá e Xangô; em seguida presta homenagem a um dos cartões postais do Brasil: “Cristo Redentor, braços abertos sobre a Guanabara…”. Inaugurada no dia 12 de outubro de 1931, no …

Ver página »

Sacrifício ritualístico

Por Casa de Oxumarê Invariavelmente nossa Religião é atacada em razão do nosso dogma concernente ao sacrifício animal. Recentemente, houve um político de São Paulo, que aventou a possibilidade da proibição do ritual, taxando-nos como primitivos criminosos, que maltratam os animais de forma leviana, algo totalmente absurdo e desprovido de razão. Posto isso, esse tema …

Ver página »

A Agonia da Umbanda

por Manoel Lopes (*) O título é forte, mas o momento urge providências. Recentemente participamos de um debate no fórum da RBU – Rede Brasileira de Umbanda, onde surgiu novamente o assunto do crescimento ou diminuição do número de praticantes da religião umbandista. Quem é umbandista atuante e não mero frequentador de Terreiros, já teve oportunidade de participar de …

Ver página »

Cobrança na Umbanda

Num atendimento de caridade espiritual, havendo ou não a consulta com as Entidades Espirituais, acredita-se não ser correto cobrar por isso, seja o pagamento de qualquer quantia em dinheiro, seja de outra forma, embora não se avalie negativamente quando as Entidades Espirituais, em vista da insistência dos consulentes em retribuir-lhes, aconselham a doação de alimentos, …

Ver página »

A Banalização do Sacerdócio

Por Maísa Intelisano (*) De uns anos para cá, um fato muito tem chamado a atenção, a nossa Umbanda, os fundamentos e preceitos estão se tornando banais, em função da Banalização do Sacerdócio. Antigamente, os médiuns que almejavam um dia se tornar Sacerdotes de Umbanda, frequentavam durante anos a mesma casa, seguindo a mesma raiz …

Ver página »

A Trindade Universal

A Trindade Universal e a natureza das vibrações espirituais por Manoel Lopes Na doutrina seguida pelo Núcleo Mata Verde, separamos bem a natureza material da natureza espiritual. Já tivemos oportunidade de explicarmos estes dois conceitos em outras orientações doutrinárias, que podem ser encontradas no site www.mataverde.org , ou nos cursos a distância oferecidos no site: www.mataverde.org/ead. …

Ver página »

“Ser” Umbandista

Que se busquem historicamente as origens, mas não contaminemos nossa prática religiosa com nossas próprias imperfeições, com nossos próprios preconceitos, com nossos próprios interesses pessoais Falam em tantas Umbandas. Branca, esotérica, popular, traçada, de nação, omolocô, umbandolé, candomblé de caboclo, evangelizada, kardequizada, iniciática e outras mais. O que é Umbanda então? Se são tantas, porque …

Ver página »

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>